14 novembro 2005

O Borda d' Água - 2006


Este ano, como em muitos outros, incutido pelo espírito do meu avô "Barrigana", durante a Feira dos Santos, comprei o Borda D'Água. Ainda procurei o Seringador, mas sem êxito (até agora). Os almanaques já existem na forma impressa desde do Sec. XV, mas para falar do aspecto histórico deste, temos os Tavares em http://neoarqueo.blogspot.com/. Relativamente ao deste ano, mantêm os conselhos úteis para quem semeia os campos, as voltas da lua, os feriados, os santos de cada dia, as alturas da sementeira, a astronomia, etc., importa referir que já é contemplada a agricultura biológica (desde 2005)
O artigo (não sei se posso chamar-lhe artigo) que leio com grande prazer é o "JUIZO DO ANO", um resumo do ano que se avizinha, as coisas boas e más que estão á espreita. O tempo não pára e 2006 já está a chegar, vamos ver se passamos mais um com saúde.

Quando o comprarem não se esqueçam da naifa para abrir as folhas.
Enviar um comentário